© 2017 by Milk Bar do Brasil. Proudly created with Wix.com

Para Milk Bar Nova Zelândia, visite www.milkbar.co.nz

Para Milk Bar Europa, visite www.milkbar-europe.com

Os bezerros alimentados com Bicos Milk Bar produzem

muita saliva!
É porque eles têm que sugar com força como na natureza.

Goteira Esofágica relaxada

Quando um bezerro bebe água de um bebedouro ou se alimenta com ração ou volumoso, o músculo da goteira esofágica está relaxado permitindo que os alimentos passem diretamente para o rúmen.

 

 

Quando um bezerro amamenta na vaca, ele bebe lentamente com o pescoço esticado e produz muita saliva.


Esta ação causa o fechamento da goteira esofágica fazendo com que o leite passe diretamente para o absomaso sem entrar no rúmem.


Quando o leite entra no abomaso, a renina e outras enzimas coagulam o leite.  


O coalho por sua vez é então quebrado por enzimas no abomaso, antes de passar para o intestino onde será absorvido.

Equilíbrio Digestivo

A saliva é a primeira defesa do bezerro contra a infecção!

A ocorrência de diarreia em seu bezerreiro não é apenas cara, mas também de fato perturbadora. Ninguém gosta de ver bezerros doentes.
A boa notícia é que as diarreias nutricionais podem ser na maioria das vezes evitadas com a diminuição do fluxo de leite ingerido.

  

"A digestão inicial do leite ocorre no abomaso (ou quarto estômago) e isso se prolonga até os intestinos. Uma digetão inadequada do leite no abomaso normalmente é a responsável pelas diarreias nutricionais.

As diarreias nutricionais são simplesmente o resultado final de uma quantidade excessiva de lactose no intestino, causada pela passagem muito rápida do leite pelo abomaso sem que a mesma tenha sido completamente digerida.


As diarreias nutricionais muitas vezes evoluem para diarreias infecciosas, devido ao elevado número de agentes patogênicos que usam o excesso de lactose como fonte de energia para se proliferarem. A taxa de digestão da lactose é reduzida ainda mais pelo dano causado por esses agentes patogênicos nas paredes do intestino. Este dano também faz com que os fluidos corporais atravessem para o intestino, aumentando assim o grau de desidratação no bezerro.


As diarreias nutricionais podem ser causadas pelo estresse que o bezerro é submetido devido a mudanças na rotina de manejo." 
Fonte - Departamento das Indústrias Primárias da Victoria (Victoria Department of Primary Industries).

A goteira esofágica é um músculo curvo que se encontra na garganta do bezerro. Sua finalidade é garantir que tudo o que entra na boca do bezerro acabe no lugar certo.
O Rúmen. Quando um bezerro bebe água ou se alimenta de ração ou volumoso, o músculo da goteira esofágica permanece relaxado e direciona esses alimentos ao rúmen para a digestão.
O Abomaso. Ao mamar, a goteira esofágica se fecha formando um canal que direciona o leite para o abomaso para sua digestão. Este canal é pequeno e não pode lidar com os grandes volumes de leite causados pela alimentação rápida.

É fundamental para a saúde do bezerro que todo o leite entre no abomaso. Se o leite entrar no rúmen através de uma alimentação rápida, seja ela via tubo ou balde, pode causar distúrbios intestinais, pois as enzimas encontradas no rúmen não podem digerir o leite. Leite presente no rúmen é o principal fator contribuinte para a acidose do rúmen ou doenças crônicas. Fonte - Dr Jim Quigley

Goteira Esofágica fechada

Os músculos se contraem formando um canal que direciona o leite para o abomaso. A alimentação rápida pode fazer com que esse canal transborde e o leite passe para o rúmen.

A saliva produzida pelo processo de sucção lenta balanceia o pH dentro do abomaso para ajudar na coagulação do leite.
A saliva contém enzimas essenciais como a lipase, necessária para a digestão de gordura, uma fonte de energia vital.
A saliva contém propriedades antibióticas naturais, a primeira e principal defesa de um bezerro contra infecções.
Quando um bezerro mama rapidamente, ele pode não produzir a quantidade de saliva necessária para a digestão do leite.

Amamentação natural lenta

O que é a Goteira Esofágica?

Um pouco sobre a Diarreia Nutricional